Hip Hop Angola | Hip Hop Moçambique

Serviços: Design Gráfico | Motion Design | Jornalismo Cultural (Hip Hop) | Publicidade contacto: [email protected]

EXTREMO SIGNO (DOWNLOAD MUSIC)

A mas recente música de Extremo Signo, um bom aperitivo para quem aguarda pelo album “Opinião Pública” e o volume II da mixtape “Força da Natureza” – BAIXE AGORA

MEU NACO – DOWNLOAD

Por trás da confusão na praça da independência

Sábado 8 de Março, as vendas dos álbuns da Tatiana Durão, DJ Soneca, B3 e Lil Jorge na Praça da Independência em Luanda, foi marcada por uma briga que dominou a atenção de toda comunidade hip hop. A origem da confusão é apontada ao facto do rapper Extremo Signo, ter ido tirar satisfações ao Lucássio, (rapper da MadTapes) por causa de uma linha que ele mandou uma semana antes no show do Kid MC no Cine Atlântico.

Nota:
Eu confesso que não queria escrever sobre este assunto, por falta de tempo, mas infelizmente a minha tranquilidade foi ameaçada com muitas mensagens, e algumas chamadas, e faço questão de deixar claro que o meu único compromisso é com a imparcialidade, não esperem que eu vá a favor do Y, irmão do X, ou H, não me procurem com essa finalidade, o resultado será outro.
       “wharidu Cross, Extremo espancou o Lucassio e você não escreve nada?”
       “Estou a espera do texto do DINO CROSS”
       “Estou a espera do texto do DINO CROSS 2”
        “o Dino Cross pra outras cenas não tem tempo, mas quando é beef…”
      “Desculpa lá kota Cross os teus colegas bloggers não são imparciais, as coisas aconteceram bem a frente deles e ninguém fez um texto fiel do que aconteceu, são cobardes, espero que tu não feches os olhos para a gravidade dos factos.”
O que aconteceu afinal?
O vídeo da briga entre Extremo Signo e Lucassio foi parar a internet e este facto deixou a maioria dos amantes dos RAP indignados, no vídeo vê-se Extremo Signo zangado a procurar chegar até ao Lucassio que encontrava-se sob protecção, encostado nas grades da tenda onde Lil Jorge estava a assinar autógrafos, procuramos o Lucassio para nós contar o que aconteceu de concreto e este respondeu:

Lucássio
“Ambos erramos”
Extremo Signo chegou até a mim e disse-me:
“me falaram que me mandaste algumas linhas no show, quero que você repita na minha cara o que disseste”, o que eu disse foi o que te disseram, depois de dito isso, Lucassio acredita que provavelmente ele não tenha gostado e passou a insistir, as pessoas começaram a encostar e o clima a esquentar “senti-me rodeado de pessoas que não conhecia, ele apareceu sozinho, mas depois apercebi-me que estavam os niggas dele em volta como se tivessem me cercado, tanto que viro-me pra bazar e os niggas dele começaram a agir como se estivessem a vir a minha frente” – disse, nessa altura Lil Jorge apercebeu-se que o clima não era harmonioso e o recolheu para a sua tenta dizendo “quero ver agora quem vem aqui faltar respeito” em resposta a isso, uma multidão reagiu, uns para acudir e outros a meterem mais lenha na fogueira, o facto é que a situação saiu do controle e culminou com a exaltação do Extremo Signo.
Perguntado se sentiu que havia intenção do Extremo Signo em fazer confusão, Lucassio nega, mas a dúvida começou a ganhar vida com o surgimento dos seus amigos, “epah bro, não te vou mentir, eles não são meus amigos, eu não sei, se calhar era essa a ideia” – argumentou
Sobre quem portou-se bem ou mal, Lucassio afirma que ambos erraram, “se por um lado o Extremo agiu como agiu, eu reagi chamando um grupo de amigos, que só não foram mais longe porque os ânimos apaziguaram graças a rápida intervenção do Dj Samurai, que ligou apelando o respeito sobretudo pelo local em que se encontravam que é a praça da independência.

Eva Rap Diva
“Extremo Signo deve pedir desculpas”

Entre as reacções à briga a que mais chamou atenção foi a da Eva Rapdiva, uma publicação da rapper na rede social instagram açucarou ainda mais o chá, a repercussão foi tanta que não há como a separar deste assunto, em entrevista em áudio a nossa reportagem, Eva adverte o Extremo Signo a pedir desculpas ao público por causa dos recentes acontecimentos, sobre os porquês do seu envolvimento neste assunto, RapDiva é da opinião que se faça alguma coisa de modos evitar situações bem mais alarmantes.

“Não posso admitir ser comparada a uma cadela, isso é uma autentica falta de respeito, e ainda por cima ele diz em entrevista que essa linha é pra uma diva do facebook que se lhe perguntarem nem ele próprio sabe dizer quem é”
 “Lamento que na nossa comunidade hip hop a hipocrisia reine”
“aé? Hip hop street, hip hop gansta, quero ver quando te aparecer um gajo grande de 1’90 a pedir-te safisfação de uma linha pra ver se não mudas de opinião”
Estas e mais citações da Eva RapDiva você poderá ouvir baixando a entrevista em audio (completa sem cortes e sem edição), no final desta reportagem.
EXTREMO SIGNO
Culpa os agitadores pela confusão!
A agitação do povo deu origem a toda confusão, na nossa entrevista (em áudio que poderás fazer o download no fim desta reportagem) Extremo Signo afirma que não pretendia recorrer a violência, deixou ser levado pela pressão dos agitadores e as coisas tomaram uma proporção fora do controle.
“O mesmo povo que te dá sangue é o que te suga”
“Gostaria de pedir desculpas, a Tatiana Durão, ao Dj Soneca e ao Lil Jorge, pela situação”
“Não conheço nehuma Eva RapDiva, a única que conheço é a que a bíblia se refere”

NAICE ZULU ensaia golpes de jujitsu a rapper
Naice Zulu não nega o seu envolvimento físico ao rapper Raf Tag, mas justifica-se dizendo “fui ofendido e reagi”, o artista explica na primeira pessoa tudo que aconteceu até experimentar os golpes.
“Enquanto uns estão prontos a apaziguar, outros estão a agitar”
“Todos Sabem que o Bob da Rage Sense é um…”

ATT: Infelizmente não conseguimos falar com o RagTag, para completar a reportagem, mais fica  aqui o compromisso de publicarmos o que tem a dizer sobre este processo que envolve o seu nome.

Isso deverá acontecer se este estiver interessado e disponível a comentar.

BLOGGERS SÃO ACUSADOS DE OMISSÃO E IMPARCIALIDADE
Muito pouco falou-se sobre o ocorrido na Praça da Independência, e os bloggers são culpados de tomar partido ou omitir os factos.
Os acusadores preferem não dar o rosto porque temem sair prejudicados, a maior acusação é feita ao nosso parceiro Kratos do Lusohiphop.net, outra fatia para Edivaldo dos Santos (www.hiphopangolano.net) e Cenasquecurto.net.
A acusação esperava uma chamada de atenção ao Extremo Signo por parte do luso hip hop team, uma vez que encontravam-se lá em posição privilegiada, e isso não aconteceu.
Afim de ouvir ambas as partes, perguntamos ao Kratos, Edivaldo dos Santos e ao Cenas que Curto sobre o assunto em questão “O que é imparcialidade?” “és imparcial na tua actividade como blogger?” e estes assim responderam:
Kratos: Para mim, de uma forma resumida e clara imparcialidade é informar sem tomar partido de nenhuma das partes envolvidas, Se sou imparcial, sim sou. Se soubesses a quantidade músicas que posto com indirectas e directas ao meu irmão…”
Edivaldo dos Santos: Acho que sou imparcial, partindo do princípio que cerca de 80% das postagens são pessoas que eu não conheço e 15% são pessoas que passei a conhecer depois de ser blogger, e fruto das actividades ligadas ao rap fui conhecendo… Por outro lado, eu obedeço as minhas regras, não tem como eu poder priorizar todas as postagens que enviam no mesmo dia, porque normalmente recebo mais do que posto por dia… Priorizo os organizadores… Tenho pecado sim no item qualidade das músicas, coisa que já comecei a rever desde Janeiro de forma paulatina, há artistas e músicas que já não postarei pelo absurdo que cantam e pela precária qualidade sonora, temática e até excesso de obscenidade e como já existem vários blogs podem recorrer a outros ou fazer promo nas suas páginas e grupos…”
Cenas que Curto: Ser imparcial, de forma bem resumida, é tratar todos da mesma forma, sem distinção de qualquer natureza…, A minha ideia com a criação do site/blog www.cenasquecurto.net não passou por ser imparcial, e acho que prestando um pouco de atenção ao nome do site/blog conseguimos perceber bem isto
REMATE FINAL:
Todas as entrevistas foram feitas ao telefone e não houve edição, isso para não direccionar os leitores, a uma conclusão intencional, depois de conversar com os envolventes, e sem procurar minimizar a culpa de ninguém, pelas palavras do Extremo e do Lucássio foi fácil (pra mim) perceber que as coisas teriam sido diferentes se as pessoas não agitassem, se não se envolvessem tanto, por exemplo essa publicação foi feita em resultado dos agitadores, que esperavam beefs, as pessoas QUEREM BEEF, o pessoal gosta ver o circulo a pegar fogo, a maioria fomenta até zangarem-se quando forem as vitimas.
Umas das citações do Extremo Signo na conversa que tivemos antes da entrevista, ele diz não perceber os povo, os que apagam o fogo, são os mesmos que compraram a lenha, meteram petróleo e acenderam, Naice Zulu acrescenta dizendo que esta situação ocorre em resultado das intrigas, ele acredita que haja quem se beneficie com tudo isso, uns querem popularidade outros aproveitam a boleia para promover o seu trabalho.
Nada justifica a violência e o que aconteceu na Praça da Independência, poderá levar-nos a conhecer alguns dissabores, basta lembrarem quais foram as consequências da situação no show do Bob da Rage Sense no Cine atlântico em que um rapper livremente falou tudo que pensa sobre o nosso governo.
A conclusão não é minha, por isso fiz questão de divulgar os áudios das entrevistas (autorizadas), para que quem ouvir possa chegar a sua própria conclusão.
Dino Cross: Twitter/Instagram: @dinocross
Faça Download e comente a sua opinião:
01 – Extremo Signo – Download
02 – Eva RapDiva – Download parte 1 
03 – Eva RapDiva – download parte 2
04 – Naice Zulu – DOWNLOAD

Extremo Signo – Trator (Beef Track)

Extremo Signo finalmente disponibilizou a tão esperada música Trator, onde pode perceber-se que trata-se de um beef para algumas pessoas, eu não sei para quem é, escute a música e nos comentários diga para quem tu achas que o Extremo disparou.
Extremo Signo – Trator – DOWNLOAD

ASSIM FOI O SHOW DE BOB DA RAGE SENSE

ASSIM FOI O SHOW DE BOB DA RAGE SENSE

MC K, Kool Klever, Bruno Boy e Leu Bone sobre a chancela da Casa de Ideias, realizaram o tão esperado show de Bob da Rage Sense que veio a acontecer no dia 27 de Fevereiro do corrente ano no Cine Atlantico e que contou com a participação de vários artistas que souberam entreter o público que preencheu o recinto não só com a sua presença mas também pela satisfação em fazer parte de um bom show de hip hop.

A carga começou com o grupo de b.boyz Extilo Urbano, em seguida Dr Romeu cantou e deixou a sua marca com um freestyle em acapela, seguiu-se X da Questão, Extremo Signo, Army Squad, Ikonoklasta, Phay Grande, Fuse e para fechar a noite em grande Bob da Rage Sense que mesmo não vivendo em Angola conseguiu com o seu vasto repertório encher o cine Atlântico, uma actividade nada fácil nos últimos meses.

Mas antes mesmo de começar a festa, tivemos uma feira de venda de discos, com destaque ao lançamento e venda da mixtape ponto de interrogação de X da Questão na bancada da Cerebro Records que também apresentou a compilação da label, os discos da Iveth, G2 e Gpro, noutra bancada estava a vender o seu disco um dos grandes activistas de hip hop em Angola o Lukeni Fortunato que dividiu espaço com Corleone que esteve a vender a sua mixtape, algumas das obras de Bob da Rage Sense também foram bem vendidas, mas surpresa foi ver a bancada da Masta K a vender discos do Azagaia (já não tinham acabado afinal?), que mais uma vez deixou ficar evidente a sua aceitação e popularidade em Angola.

Um facto que já não dá para esconder é o clima salgado que ficou entre a organização e a Madtapes, na conferência de imprensa que antecedeu ao dia do show, os bloggers não deixaram de perguntar porquê que não teriam Kid Mc num show de underground consciente, e em que pés andam as relações do Bob da Rage Sense com a Madtapes, mesmo com muito esforço para mascarar a verdade, todos perceberam que as coisas não estavam bem, e deu-se a perceber isso quando vimos Samurai a comprar ingresso e ter assistido ao show como um espectador comum, é a primeira vez que se vê num show desse nível dispensarem o contributo deste activista e dj de hip hop que é o homem da Madtapes, que através de uma conversa no facebook falou-nos: “não há beefes nenhum, apenas tamos a preparar um mega show de Kid Mc no pavilhão da cidadela já em Março, e pretendemos criar o maior impacto possível para este evento, ora o Kid aparecendo no show do Bob, tiraria impacto no seu mega show, são por estas razões que estou a dizer, estamos a falar de um mega show… todo cuidado com a estratégia de marketing é importante” – lamentou. Comportamento bem compreensivo sim, só foi uma pena as coisas terem acontecido num intervalo de tempo curto impossibilitando assim Kid Mc de participar da festa, diante disso só o tempo pra adoçar os ânimos.

ARMY SQUAD NUM SHOW DE RAP UNDERGROUND

Por serem considerados grupo de rap comercial em principio temia-se que seria vaiados, afinal quando no principio do show anunciou-se a sua presença a sala ficou dividida, mas em palco a Army mostrou mais uma vez o seu potencial, cantaram e encantaram, vimos uma fotografia bonita do público com as mãos no ar, estão de parabéns sim, como diz o Briguel Brizzo “a Army Squad é dos poucos grupos do rap angolano, que não têm hater fieis”

EFEITO AZAGAIA NO SHOW DE BOB DA RAGE SENSE!!!!

Quem foi ao show de KID MC em Dezembro de 2009, ficou a saber que embora não ter-se programado isso, a performance do AZAGAIA levou o público a desrespeitar algumas figuras políticas do pais, situação que deixou desconfortável organizadores e patrocinadores, desta vez o Matafrakos aka Ikonoklasta imbuído de uma ideologia que surpreendeu até aos mais undergrounds, desrespeitado a todos os organizadores e patrocinadores incentivou o povo a faltar com respeito a figuras políticas do pais e não achando suficiente apelou a um comportamento semelhante ao que tem vindo a acontecer nos países árabes. É claro que ninguém gostou da ideia e deixou preocupado os organizadores que lamentaram esta atitude que reconheceram terem tido dificuldades em conseguir patrocínio e espaço para a realização de show de rap underground por quase sempre caminharem para o descontrole da ordem pública.

O DJ BomberJack

Tudo o que se tem a dizer é que o mano deu Karga mesmo, tido como um dos melhores Dj’s de hip hop em Portugal, posto em Luanda não deixou de honrar o seu nome, a formula já sabemos, old school music pra animar e o resultado foi saldo positivo, a organização está de parabéns por este grande show de Hip Hop