Hip Hop Angola | Hip Hop Moçambique

Serviços: Design Gráfico | Motion Design | Jornalismo Cultural (Hip Hop) | Publicidade contacto: [email protected]

Beats de Sandocan Vs Laton

A batalha de beats entre Sandocan e Laton

Sandocan pela Army Squad e Laton pelos Kalibrados realizaram na noite de nove de Abril por meio de um “live” no Instagram um momento memorável para o Hip Hop angolano com uma “batalha” de beats clássicos que cada um deles produziu ao longo da carreira.

A iniciativa partiu de Sandocan motivado pelo que outros produtores de nome no circuito internacional têm vindo a fazer nesta fase de isolamento social.

Na introdução Laton enalteceu os feitos de Sandocan com a produção do álbum Firme, e num gesto de humildade assumiu que Sandocan foi uma das influências para que ele começasse a produzir “Eu 2003 eu era plateia nos show, te via e foste uma fonte de inspiração” Disse o Kalibrado.

Sandocan declarou que é uma batalha fraternal e uma homenagem pelo que ambos fizeram pelo Hip Hop angolano, fez as honras da casa tocando a música “Tão de difícil”, extraída do álbum de Negro Bué ao que Laton respondeu com Killa Hill com a “filha que nunca tive” 

Ao estilo ping-pong aconteceu a batalha e sandocan seguiu com party up de Gomez ao que Laton reage com a “Kalibrados”, uma sequência de clássicos que vale a pena ouvir como foi no mais recente episódio do podcast Mambos Hip Hop da Banda nos links abaixo.

Ouça como foi a batalha entre Sandocan e Laton no podcast Mambos Hip Hop da Banda.

Escute no mais recente episódio do Podcast Mambos Hip Hop da Banda, produzido por Dino Cross para o site Bantumen, os audios em que Laton Fala boas e más coisas sobre Heavy C, a batalha de Beats com Sandocan e muito mais.

Clique aqui para ouvir pelo ApplePodcast, Spotify e outros

Clique Aqui para ouvir pelo Soundcloud

Laton sae em defesa do primo

Heavy C reage: Não conheço nenhum Laton portanto é indiferente

Na sequência dos elogios seguidos de criticas que o rapper e produtor Laton fez durante a entrevista concedida ao empresário Mi Mosquito no seu perfil no Instagram, na noite de 8 de Abril, entre outros pontos, Heavy C reage com indiferença pois afirma que não conhece nenhum Laton.

Fazendo o enquadramento dos factos, o que aconteceu foi que durante o “live” com Mi Mosquito na noite que antecedeu a sua entrevista no mesmo canal, Laton não gostou de ouvir Heavy C a acusar o seu primo Anselmo Ralph de mentir que não conhece o Heavy C quando as editoras e rádios portuguesas perguntam por este cantor angolano e saiu em defesa do seu parente.

Desta forma Laton explicou que não admite maledicência a membros da sua família “eu posso ter problemas com a minha família, mas se você que é de fora, não és do meu sangue, se tiveres problemas com alguém da minha família tens problemas comigo” – disse, “tendo razão ou não?” – perguntou Mi Mosquito, “não me interessa, razão ou não, é discutível“, respondeu. 

Laton não deixou de elogiar Heavy C pelo seu talento e percurso histórico na música, mas como pessoa  o descreve como um merda. “Ele é a última pessoa que pode apontar dedos seja a quem for em Angola, se cada pessoa que por ele passou viesse a público falar as coisas que o fizeram, seria um caso similar ao que aconteceu o R. Kelly“, argumentou.

Laton foi ainda mais profundo e em momento algum considerou a possibilidade de ser comedido, suas palavras foram dolorosas como pisar em espinhos, só que não picou ao alvo, Heavy C falando ao DinoCross.com disse “Não conheço nenhum Laton portanto é indiferente…

Heavy C “Ninguém atira pedra em árvore que não dá fruto

Com a finalidade de ouvirmos a sua versão dos factos, entramos em contacto com Heavy C que não pretendendo  dar maior visibilidade ao assunto, limitou-se a responder por escrito os pontos a seguir:

1 – “Não me dirigi a ele, Não conheço nenhum Laton portanto é indiferente…”

2 – Foi me feito uma pergunta e respondi que:

Anselmo já teve maus comportamentos para comigo mas respeito o trajecto, é um músico mais internacionalizado que temos, maior respeito mas que esteve mal comigo. 

3 – Don Kikas sempre foi estranho, com boquinhas e etc. 

4 – Maya Cool pelo facto de ter ido manchar a minha imagem com mentiras a televisão.

Só isso.

Sou um produtor e compositor musical que sou muito por esse País, não importa que falem mal de mim pois isso é normal

Ninguém atira pedra em árvore que não dá fruto”

Não gostaria de isso fosse motivo de muitas bocas e desconcertos,.Viva a música angolana e vamos embora.

Ouça todos os audios no podcast Mambos Hip Hop da Banda.

Laton fala bem e mal de Heavy C. Heavy C diz que não conhece nenhum Laton. Batalha de Beats entre Laton e Sandocan no Instagram

Escute no mais recente episódio do Podcast Mambos Hip Hop da Banda, produzido por Dino Cross para o site Bantumen, os audios em que Laton Fala boas e más coisas sobre Heavy C, a batalha de Beats com Sandocan e muito mais.

Clique aqui para ouvir pelo ApplePodcast, Spotify e outros

Clique Aqui para ouvir pelo Soundcloud

MISTER K NOS KALIBRADOS (NOTICIA)


O show de boas festas da UNITEL realizado em 20 de Dezembro no estadio dos Coqueiros em Luanda, teve inúmeras surpresas, entre elas uma que ninguém esperava, no fim da performance dos Kalibrados, Mister K entrou ao palco juntando-se aos parceiros do negocio fechado e cartas na mesa para interpretar o tema Bambriban do segundo álbum do grupo,  o público reagiu eufórico com este grande presente que os Kalibrados deram aos seus fãs e amantes do rap feito em Angola.
Mister K ao partilhar o mesmo palco com Vui Vui, Kadaff e Laton levantou uma pergunta, voltou ou não aos Kalibrados? Sem mesmo o grupo manifestar-se publicamente sobre o assunto, nas redes sociais os fãs dos Kalibrados manifestam o desejo de ver o artista de volta ao grupo, fazendo afirmações positivas, mas a verdade é que Mister K subiu ao palco a convite do grupo apenas para dropar os versos das músicas que participa.
Mister K não voltou aos Kalibrados, a afirmação surge em função de uma conversa oficiosa que este blog manteve com o Vui Vui, o líder do grupo que revelou que a performance de Mister K com os Kali no show Boas Festas da Unitel, não foi por acaso ou seja os fãs terão a oportunidade de o ver novamente em palco com os Kalibrados no âmbito da celebração dos 10 anos do álbum Negocio Fechado, que deverá acontecer em 2015. Perguntado sobre a possibilidade de no futuro Mister K voltar a fazer parte novamente do grupo, o artista focou o facto de que o novo álbum dos Kalibrados, o Diários da República já estar gravado sem a voz de Mister K e um regresso nesta altura, deverá mexer com toda a estrutura criada para efeito; Sem descartar hipóteses, Vui Vui manifestou a preocupação de nesta altura repor a verdade, que é “Mister K deverá celebrar com os Kalibrados os 10 anos do álbum Negocio Fechado” o que vem a seguir, só o tempo dirá.
Este blog deseja êxitos aos Kalibrados e que a participação do Mister K nos projectos do grupo culmine com aquilo que o público e fãs dos Kalibrados mais querem, que o K de Calibrados seja K de Mister K.
@dinocross (intagram, twitter)

KOOL KLEVER – FEAT LATON E IMO CABIR


Kool Klever prepara-se para vender e autografar em breve a sua Mixtape intitulada “Menos Kool Mais Klever”. Depois de já ter disponibilizado duas tracks promocionais nomeadamente Revelação e Aquecimento com Ready Neutro e Francis (baixe aqui http://www.mediafire.com/download.php?tu9inc79a2jt2xt), o respeitado rapper da velha escola disponibiliza agora para download a música “Deixa Estar” que conta com as participações do Laton e do Imo Cabir, este último, um moçambicano que dia a dia tem vindo a conquistar o seu espaço dentro do hip hop angolano. As imagens e o video reportam o momento em que a track estava a ser gravada no estudio da Tem Shine, no bairro do Palanca em Luanda.

  DOWNLOAD AQUI
KOOL KLEVER – FEAT LATON E IMO CABIR – DOWNLOAD
Texto: Edivaldo dos Santos/Dino Cross

LATON DESCREVE SINGLE DE 2 CARAS


A pedido do nosso amigo Cross, que solicitara um “review” sobre o mais recente single de um daqueles que é tido como o estandarte do “hiphop de moz” DUAS CARAS aka TIO DUAS aka KARA BOSS “the greatest”.
Pela imparcialidade á opinião pessoal ou pela parcialidade de mostrar o apreço por um AMIGO do hip hop e de fora dele, existe uma linha ténue, por isso não se surpreendam pelo favoritismo intrínseco sobre uma opinião que me foi pedida para compartilhar, mas que é somente a minha…
Desde os tempos do “pais da marrabenta” de G Pro Fam até aos dias de hoje, com projectos a solo, colaborações e mixtapes, o crescimento artístico, o reconhecimento dentro e fora do hip hop somando a expansão da sua “marca” para lá das fronteiras moçambicanas é irrefutável o facto de SER UM FACTO que DUAS CARAS é considerado dos melhores mc’s do RAP LUSO ou de expressão portuguesa se preferirem.
Uma referência indiscutível: pelo seu flow, entrega, battle skillz, incessante intervencionista o que lhe da um estatuto de mc consistente.
Como todos aqueles que fazem hip hop sofreu uma mutação/evolução a meu ver necessária e positiva, de forma geral soube se enquadrar e aceitar a condição de que a sonoridade musical abrangente e mais cuidada serve de melhor transporte para nos fazer chegar melhor aos ouvidos a sua concisa e sublime mensagem.
O mercado angolano, tem vindo a ser o “onjango” do hip hop luso nas varias direcções da conhecida rosa dos ventos, tem vindo a ser o ponto concêntrico da maior confluência do melhor do hiphop em português, e honrosamente recebemos o mais recente single do TIO DUAS com titulo: TONDJE MCEE que traduzido significa MC MAGICO, vem com 4 faixas, sendo elas: 
“Charles” que retrata o manifesto de um amante e seguidor do hip hop, em especial do DUAS CARAS, e a musica desenvolve-se com um numero de situaçoes e sentimentos mistos que sente sobre seu ídolo. um conceito semelhante a musica “stan” de EMINEM. muito bom!
“tondje mcee” que dá titulo ao álbum, com uma sonoridade muito aprazível ao estilo “maybach music” (parabéns ao producer), DUAS CARAS faz uma pequena retrospectiva do seu percurso no movimento ao bom estilo de “REAL TALK” dope!
“talhe da foice” que das 4 faixas foi a eleita por mim como favorita! nesta track TIO DUAS dirige-se de uma forma muito sensata e inteligente a sua Excia. Presidente Emilio Guebuza, e digo sensata porque there is no “real courses” nesta track o que me deixa com a impressão que DUAS CARAS acha mesmo que Sr. presidente vai ouvir a musica (eu espero que sim) e com o devido cuidado não há nenhum “porra”, “merda” e chega até a não dizer “puta” numa parte obvia, (even i said it back on my mind)…inteligente e maduro porque não se dirige como um “revoltado” que não mede termos adoptando ao revês uma postura critica, directa mas sobretudo sensata.
Tecnicamente falando, o refrão tem um feeling “maning nice” apesar de não me ter soado nada perceptível, o beat é forte, low bpm o que facilita e favorece muito DUAS CARAS.
“jet7” é a última track deste single, é evidente ser um street banga ao bom estilo west coast, bom refrão!!!
Nesta track DUAS CARAS critica o fenómeno de novo riquismo, “wannabismo” que assola as sociedades 3º mundistas em ascensão, daqueles que vivem para se mostrar, a pseudo-socialite, hipócrita e com preconceito racial, sorrisos amarelos e revistas cor de rosa…
BOM AMIGOS, espero que este review tenha despertado curiosidade em vocês e que queiram PEGAR O ORIGINAL deste single!!! 
Missao cumprida! One
Laton