Hip Hop Angola | Hip Hop Moçambique

Serviços: Design Gráfico | Motion Design | Jornalismo Cultural (Hip Hop) | Publicidade contacto: [email protected]

Category Outras Notícias

Sam The Kid no Podcast Mambos Hip Hop da Banda: Conversa Exclusiva

Sam The Kid no Podcast Mambos Hip Hop da Banda: Conversa Exclusiva

Sam The Kid é o convidado de honra de Dino Cross em uma das edições especiais que celebram os 50 anos da cultura hip hop no Podcast Mambos Hip Hop da Banda.

Este episódio excepcional foi gravado em Chelas como parte da temporada dedicada a Lisboa. Na entrevista, Sam The Kid compartilhou sua visão única sobre o hip hop, passado e presente, dentro e fora de Portugal. Ele discute suas influências, artistas favoritos e como sua experiência de vida moldou sua carreira musical.

Junte-se a nós enquanto exploramos as raízes do hip-hop em Portugal e a influência da cidade de Chelas em sua expressão artística. Em suma, descubra o poder da música como uma ferramenta de expressão e transformação.

Este episódio é uma oportunidade imperdível para conhecer a mente criativa por trás das letras que ecoam nas ruas de Portugal.

Prepare-se para uma conversa autêntica e cativante sobre o hip hop, a cultura urbana e a jornada de um dos nomes mais emblemáticos da cena musical lusófona. Não perca esta viagem sonora única com Sam The Kid. 🎶🔊✨

Apoie o Podcast para continuarmos a oferecer conteúdos de qualidade:

  • 🇦🇴 AO06 0040 0000 6166 2222 1012 8
  • 🇵🇹 PT50 0189 0003 1313 8210 0017 0

Esta temporada de Lisboa no “Mambos Hip Hop da Banda” é trazida a você pelo MenosFios.com, o principal portal de notícias em ciência e tecnologia, com foco em Angola e no continente Africano. Menosfios, Mais Tecnologia.

Com o apoio da Barbie Fora da Caixa.

Escolha a plataforma que pretende escutar em https://linktr.ee/Mamboshiphopdabanda.

Mambos Hip Hop da Banda é um podcast do vasto catálogo de conteúdo digital do site Bantumen. Descubra outros podcasts em nosso site.”

Bang uma historia de musica

Bang uma História de Música (tributo)

Bang uma história de música é o titulo que trago para o novo episódio do Podcast Mambos Hip Hop da Banda.

Bang uma história de música é também um tributo que faço ao amigo e grande promotor da música e entretenimento de Moçambique 🇲🇿.

Escute o Podcast clicando 👇🏿 🔥🔥🔥🔥

Erro RSS: https://anchor.fm/dceef5c/podcast/rss is invalid XML, likely due to invalid characters. XML error: Attribute without value at line 403, column 66
Clé é a mais nova accionista de uma das maiores agências de entretenimento de Portugal

Clé e BackRoom um passo grande para música

Clé e BackRoom dois nomes que passam a um só propósito, elevar a musica a outra dimensão.

Ao tornar-se acionista da BackRoom uma das maiores agências de entretenimento de Portugal, a angolana Clé Entertainment dá um grande passo para a sua internacionalização.

De acordo a nota de imprensa o objectivo é expandir e investir cada vez mais na cultura nacional e promove-la a nível internacional.

Clé e BackRoom: Saí a ganhar a música angolana

A música angolana em particular a dos artistas da Clé passam a ter uma porta aberta para a sua internacionalização no mercado europeu e outros.

Desta forma sai a ganhar a música angolana que a muito procura oportunidades como essa para exportar ao mais alto nível a cultura nacional.

Nenny, Wet Bed Gang, Charlie Beats no catalogo

Fazem parte do catálogo de agenciados da BackRoom nomes como a Wet Bed Gang, Julinho KSD, Nenny, Ana Malhoa e o grande produtor Charlie Beats.

A olhar para o talento destes artistas, o posicionamento no mercado e a equipa de trabalho é com certeza um grande investimento, feito pela Clé.

#cle2021

Miguel Neto

Club K denuncia RC de Miguel Neto

O Club K denunciou o tratamento negativo dado a artistas angolanos no programa RC de Miguel Neto, num texto publicado a 30 de Agosto, assinado por Cristiano António.

No ar a 27 anos, o RC é um programa radiofónico de variedades suportados por um tripé formado por música, entretenimento e informação, apresentado por Miguel Neto aos domingos na LAC.

A julgar pelo que é emitido, o programa foca na actualidade e estrelas da musica americana com uma abordagem que se estende a reportagens periódicas e vidas e obras de astros como são os casos de Michael Jackson, 2Pac, Whitney Houston e etc.

Embora seja este o propósito do programa, o que, de facto, agrega algum valor informativo aos ouvintes,  o mesmo tratamento não é dado aos artistas angolanos. 

Ao longo dos anos que temos vindo a acompanhar Miguel Neto no RC sobretudo nos últimos 10 anos, é factual que os artistas angolanos são referenciados apenas quando se trata de assuntos negativos como acontece em rubricas como o plagiomoto e outros na mesma natureza e susceptíveis de uma interpretação intencional de prejudicar as suas carreiras.

Música angolana no RC só na condição de plágio.

É difícil dizer que não passa músicas e notícias de artistas angolanos no programa do Miguel Neto, mas a verdade é que estes só são ouvidos na condição de réus no plagiotomo, onde o tratamento é feito de forma persuasiva e com uma abordagem que foge do seu contexto.

Como se de um tribunal se tratasse, os artistas são convocados no ar e de forma deselegante para que num prazo determinado por Miguel Neto possam ir ao programa justificar um assunto polémico ou responder se as suas músicas são ou não plágios.

O que é raro ouvir no RC são entrevistas onde os artistas angolanos são convidados a falar das suas carreiras ou promovam as suas musicas, nenhum cantor angolano tem a mesma sorte que o rapper americano Busta Rhymes que goza da simpatia da equipa do programa. 

Exagero a parte, não seria absurdo dizer que ao longo da existência do programa, a música de Busta Rhymes é a mais tocada no programa, para se ter uma ideia concreta, o rapper nunca perde lugar no top 5 do RC (Top Platina), tudo isso porque M.N. é fã.

PLAGIOMOTO NASCEU DE UMA VINGANÇA A ARMY SQUAD 

Por se terem negado a subir ao palco  (por falta do pagamento completo) enquanto decorria a primeira edição do Festival RC, a 30 de Janeiro de 2005, um show que visava homenagear a produtora Army Music pelo seu contributo no crescimento do estilo musical rap no mercado nacional, em particular na descoberta de novos valores, a exemplo de Gomez, Leia aqui Miguel Neto, como vingança, declarou guerra a Army Squad criando a rubrica plagiomoto que na verdade passou desde então a ser sua arma.

Pra sustentar a rubrica, o plagiomoto começou a denunciar “plágios” de outros grupos de igual modo, e foi por essa via que os Kalibrados passaram a ter problemas com Miguel Neto, a situação agravou-se quando  na música “Quem Manda no Teu Block” os Kalys reagiram com ofensa a MN.

Recentemente, em uma entrevista ao ZapNews, Miguel Neto afirmou que tem noção que pode ter prejudicado a carreira de alguém devido às suas acusações no seu programa de rádio, porém, diz tratar-se de uma acção pedagógica, comum em várias partes do mundo, cuja finalidade é esclarecer o público.

A pergunta que se impõe agora porquê o tratamento desigual?

Porquê não exercer o seu dom em prol da boa divulgação da música angolana?

Fonte: www.club-k.net

Boss Ac – Fica em Casa (Covid-19)

Boss AC – Fica em casa | Face a situação que o mundo vive em consequência do novo Corona Virus (Covid-19), Boss Ac fez um remix da música Tu és mais forte apelando a todos que vivem em casa.

Recordar que Portugal regista acima de 1000 casos de pessoas infectadas pelo Covid-19 e registam tal como Angola um período de isolamento social para uns e quarentena para pessoas que registam alguns dos sintomas desta epidemia.

Clique Play no video abaixo e não esqueçam fiquem em casa por favor.

Outras publicações sobre Boss AC.

C4 MELHOR DE ÁFRICA

C4 PEDRO – A MAIS LINDA DE TODAS (VIDEO)

A Mais Linda de Todas é o mais recentemente videoclipe do C4 Pedro, o seu estilo de cantar é único e inconfundível, nesta música C4 surpreendeu-me pela positiva, boa sonoridade, videoclipe com um conceito perfeito e o resultado é claro, muito bom.

Assista e faça download da versão em mp3 – DOWNLOAD