Início » Hip Hop Angolano » Livro de Miguel Neto não aborda Hip hop

Livro de Miguel Neto não aborda Hip hop

Miguel Neto começou como radialista da Rádio Nacional de Angola, em seguida passou para LAC (Luanda Antena Comercial) onde criou o programa RC (Rádio Convivio), um programa músical com muita informaçã0, o RC passou a ter mais audiência apartir da altura em que Miguel Neto entrou para a TPA (Televisão Pública de Angola) no programa explosão musical, o único programa que na década 90 levou-nos a viajar pelo mundo da música.

Numa altura em que não haviam antenas parabólicas nem internet, os programas do Miguel Neto eram bases de informação, e na mesma altura em que Kiesse Kelly e Moises Luis realizavam os shows de hip hop, o programa RC também o fazia e a custo zero, eram shows na rua, para os amantes da música RAP.

Miguel Neto fez o seu nome promovendo estas actividades que geraram muitos artistas, e deu outro Nível ao hip hop nacinal, o primeiro show de rap angolano transmitido em directo pela TPA, foi realizado pelo Explosão Musical em parceria com o RC, ambos programa que ele apresenta. Criou “slogans” que viraram moda pela juventude a adultos, quem não lembra-se do “Get down“, nos dias de hoje até já não o chamam de Miguel Neto, popularizou-se como “nível!!!” tem um novo programa na televisão o “alto nível” e conseguiu que o 50 Cent e outros artistas americanos que passaram por Angola o chamassem de “Nível!!!!”, é carismatico e tem uma personalidade que levou comediantes angolanos a criarem um personagem com o nome de “Miguel Avô” para o programa televisivo fora de serie.

O PLAGIOMOTO

Foi uma rública do programa RC, dedicado a desmascarar todos os plágios, no rap angolano, o termo é proveniente da palavra “terramoto”, e a natureza com que este espaço foi criado dividiu as opiniões, há quem diz que foi por vingança a uma actividade mal sucedida, outros dizem que era um incentivo a originalidade, entre estas opiniões, nada temos a comentar, mas a verdade é que o plagiomoto conseguiu roubar audiência do Big Show cidade na rádio Luanda e deu mesmo muito barulho, lembra-se que Vui Vui respondeu na mixtape o último Samurai, e Kadaff na música “Quem manda no teu Block”.

LEIA TAMBÉM:  Anselmo Ralph vende 5000 bilhetes em menos de 24 horas em Moçambique

O LIVRO

Tem como título “A Sarrabulhada de Miguel Neto”, foi lançado no mês de Março e é um livro bastante maduro, fruto de muita experiência de vida, livro de crónicas noutrora publicadas num dos jornais privados de Angola, Miguel Neto maduro como é e com muitos testemunhos a dar a esta geração surpriendeu a quem vos reporta por dois motivos, primeiro pela positiva, o conteúdo do livro revelou muita idoneidade e dominio da palavra, chegou a escrever como muitos na rua falam e traduziu para os leigos à linguagem angolana, segundo deixou a desejar, Miguel Neto conseguiu publicar um livro e não falou de hip hop, vejamos o seguinte: maioritariamente o livro foi comprado pelos seus admiradores, principalmente aqueles que alimentam-se de muita música e informação tanto no explosão musical, alto Nível!!!, como no RC e não de sarrabulhada. NÃO CUSTA NADA falar pormenirizadamente sobre o percurso a afirmação do nome Miguel Neto, sobre todos os slogan que ja criou como “get down”, Nível e este último que está no princípio mas sabemos que vai pegar “Não custa nada“. Miguel Neto como Kool Klever, Big Nelo, Mc K e Kiesse Kelly, Moises Luis e outros têm muito a falar sobre o que foi e é o rap angolano, soa estranho comprar o livro do Kool Klever ou do Mc K, Big Nelo, ou do Miguel Neto sem mencionar factos da vida relacionadas ao rap.

Mais no entanto percebe-se a necessidade que houve em lançar um livro maduro, sem o get down, sem o nível com três reticências, normalmente associamos as nossas actividades com o nosso caracter, afinal Míguel Neto não é nenhum jovem que quer aparecer e faz tudo por isso, é um senhor chefe de familia, bastante responsável e respeitado, pai de jovens bem educados e marido de uma senhora cheia de principios e educação.

LEIA TAMBÉM:  EDGAR EDGALA - EP DISTINTO

Parabéns Miguel Neto

1 thought on “Livro de Miguel Neto não aborda Hip hop

  1. Quem conhece o Mize, sabe que o Miguel Neto desde Crianca sempre foi uma pessoa calma, e dava sinais de ser um destacado no universo dos nascidos e crescidos na c/7 e bairro popular. Nivel……….

Leave a Reply

%d bloggers like this: